Pesquisar por:

0-9 | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | k | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

25 – HIDROXI – VITAMINA D3

Material: Soro

Sinônimo: Vitamina D Total, vit D3 + D2, metabolito é 25 OHD

Volume: 2,0 mL

Método: Imunoensaio Quimioluminescente de Micropartículas – CMIA

Volume Lab.: 2,0 mL

Rotina: Diária

Resultado: 4 dias

Temperatura: Refrigerado

Coleta: Jejum recomendado, mas não obrigatório.

Código SUS: 0202010767

Código CBHPM: 4.03.02.83-0

Interpretação:
Uso: Os níveis séricos de 25OH-vitamina D3 estão diretamente relacionados à mineralização óssea. Quando os valores estão inferiores a 30ng/mL, há uma diminuição de absorção de cálcio e aumento de valores de paratormônio (PTH). Recentemente tem sido observado que a vitamina D apresenta interferência em outros mecanismos corporais além daqueles relacionados ao osso. Assim, tem sido observadas algumas formas de câncer e diabetes associados à deficiência de vitamina D (Holick 266-81;Holick 361-68;Hollis 489-94). Ao avaliar estes mecanismos relacionados às patologias associadas, observaram-se variações nos valores de referência dos níveis de vitamina D. Estas diferenças têm levado a discussão entre os especialistas de quais seriam os reais valores normais de vitamina D.
No último evento Vitamin D Summit Meeting (novembro 7-8,2009, Paris,France), houve um consenso em diversos assuntos relacionados a vit D, especificamente o valor de referência ficou recomendado em 30 a 100 ng/mL.
A Vitamina D3 (Colecalciferol) e D2 (Ergocalciferol) são as formas mais abundantes de Vitamina D existentes no organismo. A vitamina D3 é sintetizada na pele a partir do 7-desidrocolesterol em resposta a luz solar. As melhores fontes de nutrição da D3 são os peixes gordos como salmão e a cavala. As fontes de nutrição da vitamina D2 provêm de alguns vegetais, leveduras e cogumelos. A dieta vegetariana é abundante em vitamina D2.
A vitamina D (D3, D2 e metabólitos) é convertida em 25 OH D no figado. A medida da concentração de 25-OH D no soro é o melhor indicador do estado nutricional da vitamina D.

17-ALFA-OH-PROGESTERONA

Material: soro

Sinônimo: 17 OHP

Volume: 1.0 mL

Método: Radioimunoensaio

Volume Lab.: 1.0 mL

Rotina: Diária

Resultado: 11 dias

Temperatura: Refrigerado

Coleta: Jejum de 8 horas. Em mulheres adultas, anotar dia do ciclo menstrual.

Código SUS: 0202060047

Código CBHPM: 4.03.16.01-7

Interpretação:
Uso: diagnóstico da Hiperplasia Adrenal Congênita, deficiência da 21-hidroxilase, diagnóstico de hirsutismo e infertilidade feminina; monitoramento terapêutico. A 17 – alfa – hidroxiprogesterona (17-OHP) é um esteróide intermediário na biossíntese do cortisol.
Valores aumentados: hiperplasia adrenal congênita (genitália ambígua nas meninas e macrogenitossomia nos meninos), em alguns casos de neoplasias adrenais ou ovarianas.
Valores diminuídos: pseudohermafroditismo masculino, doença de Addison, tratamento com esteróides (cortisona, hidrocortisona).
Alguns casos de deficiência de 21 – hidroxilase de início adulto podem resultar em valores basais normais da 17 – alfa – hidroxiprogesterona, sendo encontrados aumentos exacerbados com o estímulo por ACTH.